Friday, October 9, 2009

Penso

no desenho que o elástico de cabelo deixou no seu pulso,
na dobrinha da sua orelha,
no gelado do seu nariz.
E por hoje é só.
Amanhã arrisco um pouquinho mais.

2 comments:

Tiago F. Moralles said...

E tem tantas coisas grandes assim pra se pensar heim?

Felipe A. Carriço said...

Muito bom!

Senti sinceridade neste texto.